Atenção!!! O que precisa melhorar na Seiko Brasil em 2022?

As festas de fim de ano se aproximam e com elas surgem certas sensações como alívio, já que este não foi um dos anos mais fáceis de nossa história, além da boa e velha esperança que insiste em nos dizer que do dia 31 de dezembro para o dia 01 de janeiro, como em um passe de mágica, ocorreria muito mais do que um simples pôr e nascer do sol.

Aproveitando esse momento tão singular, venho solicitar a sua colaboração, amigo leitor, pois encaminharei uma carta à Orient do Brasil, empresa responsável pelas operações da Seiko por aqui, expondo os principais problemas que enfrentamos em 2021 como consumidores, colecionadores e revendedores da Seiko, assim, abriremos uma oportunidade única para a “Seiko Brasil” nos surpreender positivamente em 2022. E não subestime esse tipo de iniciativa…

No final de 2020 entrei em contato com a Seiko do Japão expondo algumas situações problemáticas que vinham ocorrendo no Brasil, dentre elas a absurda proibição da divulgação de preços para a maioria dos relógios Seiko anunciados na internet. Eles disseram que atitudes seriam tomadas e hoje a grande maioria dos relógios já é anunciada com seu respectivo valor, como sempre deveria ter sido.

Ainda não está perfeito, pois essa prática sem nexo aparentemente ainda foi mantida para algumas peças, mas esse é assunto para outro dia. Entendamos, foram as reclamações enviadas para nosso site e no grupo Seiko Brasil que motivaram a comunicação de tais situações à Seiko do Japão, então não deixe de participar, a hora de fazer a diferença é agora!

Em sua opinião, o que precisa melhorar na Seiko Brasil? A assistência técnica autorizada funciona bem na sua cidade? Existem vendedores autorizados na sua região? Se sim, possuem uma boa variedade de peças? Eles são qualificados, ou seja, conhecem o produto que comercializam e atendem bem o consumidor? O que pensa a respeito do investimento em publicidade feito em nosso país? E quanto à Seiko Internacional, você tem alguma sugestão? São inúmeras questões, este É O SEU MOMENTO de impactar nosso mercado e ser ouvido, sua contribuição é essencial, junte-se a nós.

Compartilhe esta publicação com seus amigos e ajude a difundir a horologia. Assine também nossas notificações por e-mail, inscreva-se em nosso canal no YouTube, junte-se a nós no Facebook e nos acompanhe no Instagram. Forte abraço!

9 comentários em “Atenção!!! O que precisa melhorar na Seiko Brasil em 2022?

Adicione o seu

  1. Prezado Ramon,
    Saudações!
    Sou de Niterói, região metropolitana do RJ, e desconheço assistência técnica da Seiko aqui, ouvi no grupo que tem no Rio, mas que o serviço é muito ruim, chegam a entregar relógio com arranhado na tampa, além de muito caro. Outro problema que vejo em Niterói é a ausência de Seiko nas lojas, quase não tem Seiko, esses pontos deveriam melhorar. Aprovei a ideia do post, parabéns e forte abraço

  2. Boa iniciativa, Ramon!
    Seguem meus apontamentos:
    1. Inexistência/escassez de modelos de média/alta gama em revendas oficiais de grandes cidades, inclusive capitais; e
    2. Assistência técnica praticamente inexistente e de péssima qualidade.
    Abraço!
    João

      1. Campina Grande/PB.

        Tentei usar serviços da assistência técnica mais próxima (Recife/PE), mas colocaram tanta dificuldade pra me passar uma simples tabela de preços dos serviços que desisti.

        João

  3. Bom dia, amigo Ramon, tudo bem? Já tinha notado algumas semanas atras que alguns revendedores oficiais divulgavam valores de algumas peças em seus respectivos sites.
    Quanto à Assistencia Tecnica Orient/Seiko, rezo para que eu não precise mais levar nenhum dos meus relogios, pelo menos aqui em São Paulo. Já tive um Orient Titanium que enviei 3x sendo que retornou todo arranhado e com o mesmo problema (ponteiro de minutos solto). Porem, com a intervenção de um amigo revendedor, a Orient trocou por um novo em folha. Mas relato mais 2 casos: um amigo enviou um Prospex ainda na garantia e o devolveram arranhado e um outro que retornou com a coroa “desgastada” (isso mesmo, utilizaram um alicate para desrosquear).
    Obviamente deveriam fazer uma melhor seleção de profissionais ou um melhor treinamento para fazer um serviço tão delicado em nossas queridas peças. Grande abraço, Ramon. Ótimo fim de semana.

    1. Olá meu amigo! Tudo bom?
      Situações inaceitáveis, de fato. Entendi bem a questão, se forem terceirizar, precisam manter uma atenção constante em relação à qualidade dessa assistência técnica.

      Se em SP está assim, imagine como fica o resto do país.

      Obrigado, abraço!

  4. Excelente iniciativa, Ramon ! Acho que o aprimoramento da Assistência Técnica é o ponto fundamental. Além do atendimento atencioso ao cliente, a melhoria da capacitação técnica para a solução de problemas simples. Quando precisei explicar o processo de ajuste de braceletes numa Autorizada, cheguei à conclusão que mais vale recorrer à experiência pessoal, ou nos casos mais complexos, buscar apoio junto aos relojoeiros amigos. Já que a majoração de preços corre em desfreio, julgo que merecemos, pelo menos, alguma atenção pós-venda.

  5. Boa tarde Ramon!
    Parabéns pela iniciativa de compilar sugestões e percepções dos aficionados por Seiko! Como morador de São Paulo, Capital, sou privilegiado por contar com excelentes Distribuidores Autorizados por perto, que fazem um trabalho fantástico em nos auxiliar seja na busca por modelos que desejamos, seja para casos que demandem recorrer à garantia da marca. Sendo assim, pessoalmente só tive experiências positivas com os Distribuidores que conheço e frequento. Porém existe sim muito espaço para melhora da marca em nosso país. Eu mencionaria três pontos:
    1- A cobertura nacional é frágil, para dizer o mínimo, e a questão de assistência técnica pouco qualificada é um ponto recorrente nos grupos de colecionadores e apreciadores da marca. Claramente algo a ser melhorado, especialmente quando a Seiko avança em modelos mid/high end, onde uma assistência frágil é mortal para a fidelização da marca;
    2- A disponibilização de mais modelos para o mercado brasileiro é algo que eu pensaria em fazer. Não necessariamente itens caros e de baixa tiragem, mas principalmente modelos mais básicos e interessantes, que fervilham no mercado asiático, e que não chegam aqui oficialmente;
    3- Acredito que o nome Seiko vem se tornando cada vez mais conhecido do público brasileiro que gosta de relógios. Nós que acompanhamos assiduamente fóruns e grupos, percebemos quantos novos “amantes” da marca surgem a cada ano! Mas sinto falta de mais investimento em publicidade e exposição positiva na mídia. Estou meio cansado de explicar a inúmeros amigos que um Seiko é infinitamente melhor que um “pseudo-suiço”, e que está em par de igualdade (ou acima) com as mais famosas marcas que vêm sempre à mente quando se fala de relógios. Mudar esta mentalidade equivocada demanda informação e exposição positiva da marca, e um bom marketing é mandatório para fazer esta virada acontecer. Um modelo comemorativo para o Brasil, com uma campanha interessante de marketing, faria um bem enorme ao crescimento da marca por aqui!
    Ficam aqui minhas sugestões! Forte abraço!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: