Seiko & Celebridades #2: Christopher Lloyd em “De volta para o futuro”!

Os anos 80 foram incríveis em praticamente todos os aspectos, mas houve um foco ainda mais especial sobre a cultura! O que dizer de um decênio que começa com John Lennon retornando aos estúdios para lançar o que viria a ser seu último disco, Double Fantasy, que ouço nesta ensolarada tarde de domingo e ainda me surpreendo com a Yoko finalmente cantando bem – em algumas faixas!

Tivemos, ainda, o lançamento de filmes notáveis como “Top Gun”, “Rambo”, “Scarface”, “O Grande Dragão Branco”, “Os Intocáveis”, “Curtindo a vida adoidado”, “Platoon” e, claro, “De volta para o futuro”, unindo-se a inúmeras outras consagradas produções. Igualmente marcante foi também a duvidosa moda ultra colorida e futurista que recentemente ensaiou um ressurgimento – mas graças ao bom Deus fracassou. Além disso, fechando a década, sobreveio em novembro de 1989 a esperada queda do muro de Berlin, que derrubou a Cortina de Ferro e aquele marcante decenário.

Back-To-The-Future_2_seikophd (1)
O Doutor Brown controla o DeLorean remotamente, com seu Seiko A826 no pulso direito. Foto: Universal Pictures.

Retornando às telonas, “De volta para o futuro” foi um marco em diversos sentidos e simplesmente “virou a cabeça” de quem assistiu ao primeiro filme, lançado em 1985, que trazia teorias mirabolantes e uma narrativa carregada de emoções e humor. Contudo, o que poucos sabem é que o simpático Doutor Emmett Brown, caricato personagem de Christopher Lloyd, usou um relógio e um cronômetro digital Seiko durante o filme. Estávamos em plena “crise do quartzo” (compreenda detalhes aqui) e os relógios digitais, com suas super funções e infinitas possibilidades, faziam a cabeça dos consumidores.

Em seu pulso direito o Doutor Brown utilizava um moderno Seiko A826-601X Training Timer de 1983 que tinha como características permitir a rápida mudança de funções com uma simples rotação do aro externo e vinha com um engenhoso gatilho que poderia ser conectado ao relógio através de um fio, no intuito de registrar frações de segundos decorridos, ao ser pressionado.

Mas não para por ai, em seu pescoço Emmett Brown ainda carregava dois cronômetros digitais, sendo um deles o Seiko S111-500X, um verdadeiro computador esportivo portátil que ainda oferecia a possibilidade de ser acoplado a uma mini impressora e tornar físicos todos os dados ali registrados. Precisamos lembrar que estamos em um período onde os computadores engatinhavam e ficar lendo uma série de números em um aparelho digital era quase ofensivo para os técnicos esportivos que cresceram ao longo dos anos 60 e 70, assim, uma impressora fazia total sentido.

Pois é, o Dr. Brown era realmente um sujeito que apreciava os produtos da Seiko e todas essas engenhocas que dominaram a década de 80. Este foi mais um caso pouco conhecido, mas desta vez no cinema, de celebridade utilizando um relógio Seiko. Você se recorda do quanto esse filme foi impactante da primeira vez que o viu? Conhece outra personalidade que tenha feito uso de algum modelo da Seiko, seja no cinema ou não?

Compartilhe esta publicação com seus amigos e ajude a difundir a horologia. Assine também nossas notificações por e-mail, inscreva-se em nosso canal no YouTube, junte-se a nós no Facebook e nos acompanhe no Instagram. Forte abraço!

16 comentários em “Seiko & Celebridades #2: Christopher Lloyd em “De volta para o futuro”!

Adicione o seu

  1. Eu me lembro muito bem de quando vi esse filme e foi até no cinema, ao lado de uma garota que eu gostava na época, mas nem cheguei a namorar. Foi e até hoje é um filmaço. Eu não sabia que o Doc Brown usava Seiko, muito top. Achei o relógio muito bonito e usaria hoje em dia sem qualquer problema. Parabens novamente Ramon, forte abraço!

    1. Que relato bacana, Ruy!
      O artigo trouxe boas memórias, pelo visto.
      Pois é, o relógio parece mesmo bastante atual, ninguém diria se tratar de uma peça vintage.
      Obrigado e grande abraço!

  2. Salve meu amigo Ramon!
    Realmente muito bom lembrar daquela década iluminada, da mistura de Brian de Palma, Oliver Stone e Al Pacino em Scarface e dos monstros sagrados De Niro e Connery em Os Intocáveis, também como, hilário lembrar da moda “ultra colorida e futurista” a la Boy George, kkkk
    O lançamento deste filme também foi o ano do meu primeiro computador, um TK85 que funcionava acoplado a uma TV Philips P/B que tínhamos na época. Confesso que neste tempo, apesar de ter Seiko em casa, mas talvez pela idade, o relógio que me encantava era o Gm10 em anos onde éramos bombardeados com novas tecnologias e que, sem dúvida, a função do aro deste Seiko do Dr. Brown não ficou de fora. Isto faz parte da história, principalmente em um tempo onde não sabíamos nada sobre a vida útil dos mecanismos quartz e digitais e que hoje teríamos relógios mecânicos mais antigos ainda em funcionamento a despeito daquela “inovação”. Enfim, assunto para um ano de conversas, rsss.
    Embora tenha assistido, vidrado o De Volta para o Futuro, não percebi o fato do relógio e o cronômetro serem Seiko, o que me traz mais uma novidade nas excelentes matérias aqui do Seiko PhD.
    Acredito que esta seja a graça das histórias, pois mal dimensionamos quantas coisas acontecem nos 365 dias de apenas um ano, imagine neste tempo todo.
    Certamente outros Jobs e Lloyds me surpreenderão nesta série.
    Muito obrigado por compartilhar o trabalho e esta viagem no tempo!
    Forte abraço.

    1. Olá Junior! Tudo bom?
      Rapaz…. Um TK85, tive que dar uma pesquisada, pois sequer conhecia esse computador, ele parece um video game rsrs. Rodava apenas DOS?
      Chega a ser engraçado como mesmo vendo várias vezes um filme não captamos todos os detalhes, e aí realmente está a “graça” desta série, certamente teremos boas histórias pela frente.
      Obrigado meu amigo e forte abraço!

      1. Olá Ramon, tudo ótimo e você, como está?
        Sim, parece um mini videogame, era mais ou menos a metade do Atari. E tinha entrada pra joystick, mas a pinagem era diferente do videogame e nunca tive um joy do TK. Ele rodava o Basic que, se não me falha a memória era uma versão da própria Sinclair que desenvolveu o TK. Na época era um “must”, mesmo com o ecrã P/B e gravando os dados em uma fita K7, rsss
        Forte abraço é ótimo final de semana!

      2. Muito interessante! É assustador como esse mercado se reinventou e transformou o mundo em poucas décadas.
        Obrigado e ótimo final de semana para você também!

  3. Olá Ramon! Muito agradável o artigo, conseguiu levar quem viveu os anos 80 de volta para lá 😅! Lembro perfeitamente dos filmes, da moda, e da tecnologia chegando rápido. Mas realmente não me recordava dos Seiko no filme. Abraço!

  4. Ah, os belos filmes dos anos 80! Assim como as músicas dessa década! Para mim, foi a melhor passagem, uma época de ouro. Lembro que ao assisti-lo quis saber na hora qual era o relogio no pulso do Doc Brown, Passou um filme agora na minha cabeça. Belas lembranças. Parabens por mais um excelente artigo, Ramon.

    1. Cinema e música brilharam mesmo nessa época, bons tempos rsrs.

      Então você também reparou no relógio do Doc Brown? Pois é, quem imaginaria que ele “é fã” da Seiko!
      Abraço meu amigo!

  5. Bom dia Ramon.
    Mais um ótimo artigo.
    Assisti esse filme na época que estreou e confesso não ter reparado no relógio e no cronômetro.
    Mais uma curiosidade que você trouxe aos amigos e que faz com que aguardemos mais artigos interessantes como esse.
    Grande abraço meu amigo.

Deixe uma resposta para Ramon Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: