Seiko 7005-8030 MACV-SOG Vietnam War! Review #10

Os artigos militares estão entre os itens mais desejados e disputados do mundo do colecionismo. Mesmo indivíduos que jamais integraram forças armadas ou policiais costumam se render às fascinantes histórias – e estórias – existentes por trás de tais peças e, assim, muitos desses itens alcançam valores extraordinários no mercado. Quanto ao universo da horologia não há qualquer surpresa, modelos utilizados por forças militares ou em conflitos relevantes costumam ganhar valor rapidamente e movimentar colecionadores sérios que, em determinados casos, chegam a dedicar-se exclusivamente a essas peças. O review de hoje, o décimo de nosso site, alimenta-se de todo esse contexto para apresentar, em detalhes, um relógio intrigante e riquíssimo em histórias, o Seiko 7005-8030 MACV-SOG!

Seiko 7005-8030 MACV-SOG_g_seikophd_pic
Seiko 7005-8030 MACV-SOG de 1969. Foto: Ramon SeikoPhD.

Em março de 2019 eu publiquei um artigo no SeikoPhD.com expondo os relógios Seiko utilizados na Guerra do Vietnã. Como retratado, no decorrer dos quase 20 anos de combates foram utilizados em campo ao menos oito modelos de relógios Seiko e o mais fascinante é que, alguns deles, só foram descobertos recentemente, como no caso das peças utilizadas pelo “Military Assistance Command, Vietnam, Studies And Observation Group”, ou “Comando de Assistência Militar, Vietnã, Grupo de Estudos e Observação” (MACV-SOG).

Seiko 7005-8030 MACV-SOG_b_seikophd_pic
Ele fica realmente lindo nessa pulseira! Foto: Ramon SeikoPhD.

MACV-SOG

O MACV-SOG foi um grupo de elite criado em 1964 (dizem que por decreto direto do presidente John F. Kennedy assinado no final de 1963, pouco antes de seu assassinato) para integrar a seção de Operações Especiais das forças armadas estadunidenses e executar missões não convencionais no Vietnã, Laos e Camboja. As equipes eram compostas por militares altamente treinados e oriundos, principalmente, das Forças Especiais do Exército americano, Força de Operações Especiais da Marinha (SEALs), Agência Central de Inteligência (CIA), Força Aérea, Corpo de Fuzileiros Navais e nativos do Vietnã do sul.

Seiko 7005-8030 MACV-SOG_j_seikophd_pic
Seiko 7005-8030 MACV-SOG. Foto: Ramon SeikoPhD.

Eles agiam de forma extremamente sigilosa (por isso apenas recentemente seus relógios foram revelados) e tinham como estratégia primária o fato de não serem identificados como norte-americanos. Esses militares não usavam o fardamento convencional dos EUA, pelo contrário, qualquer detalhe que os identificassem era removido no intuito de que, caso fossem capturados ou abatidos em território inimigo, os vietcongues não pudessem definir suas nacionalidades.

Seiko 7005-8030 MACV-SOG__seikophd_pic
Seiko 7005-8030 MACV-SOG com acrílico e pulseira originais. Foto: Ramon SeikoPhD.

Foi por esse motivo que o Comando do MACV-SOG analisou relógios asiáticos e em 1968 chegou à conclusão de que alguns modelos da Seiko, já bastante conhecida por sua confiabilidade e precisão, poderiam ser empregados pelos militares durante as operações. Os pedidos foram feitos oficialmente à Seiko nesse mesmo ano, no entanto, vale destacar que há relatos confiáveis de militares do MACV-SOG adquirindo relógios Seiko por conta própria muito antes dessa data.

Seiko 7005-8030 MACV-SOG_d_seikophd_pic (1)
Seiko 7005-8030 MACV-SOG. Foto: Ramon SeikoPhD.

Os relógios em questão chegavam aos pulsos dos combatentes de muitas formas distintas. Alguns eram adquiridos nos chamados “Post Exchange” (ou PX, uma espécie de loja mantida pelas forças armadas), outros eram entregues a certos militares antes de missões e há ainda muitas declarações de ex-integrantes do MACV-SOG narrando o recebimento de relógios Seiko como forma de premiar a conclusão exitosa de alguma das perigosas missões que eles executavam.

Seiko 7005-8030 MACV-SOG_14_seikophd (1)
Seiko 7005-8030 MACV-SOG com seu cristal ainda original de 1969. Foto: Ramon SeikoPhD.

O índice de baixas entre esses militares era bastante elevado, pois apesar do alto grau de treinamento, normalmente eram empregados em áreas extremamente complexas, atrás das linhas inimigas e com amplo controle por parte dos vietcongues, com isso muitos de seus equipamento (inclusive os relógios) jamais retornaram. Praticamente toda a documentação oficial relacionada ao MACV-SOG foi destruída ou mantida em sigilo até o início de 1990 quando os registros finalmente perderam o caráter de restrição e foram utilizados em uma audiência do Senado americano. Esse Comando também seria, basicamente, o pai da atual Delta Force. As curiosidades e pormenores se estendem de forma quase infinita e podem ser pesquisadas em inúmeros livros escritos por ex-combatentes.

Seiko 7005-8030 MACV-SOG_e_seikophd_pic (1)
Seiko 7005-8030 MACV-SOG com o novo cristal instalado. Foto: Ramon SeikoPhD.

O RELÓGIO

Este meu exemplar foi fabricado em março de 1969 e chegou ao Brasil através de um alemão que o teria adquirido no final dos anos 70, no centro oeste dos Estados Unidos, e veio viver com sua esposa no interior do estado de Minas Gerais. O tempo passou, seu proprietário faleceu e o relógio ficou esquecido em uma gaveta por muitos anos. Por fim, a esposa do alemão encontrou o tal relógio, resolveu se desfazer da peça e tive a oportunidade de adquiri-la. Antes disso não se sabe ao certo o que aconteceu com ele, temos conhecimento de que o 7005-8030 foi produzido por um curto período de tempo, provavelmente entre 1969 e 1972, o menor período dentre os relógios Seiko utilizados na Guerra do Vietnam e que, embora não tenha sido fabricado exclusivamente para a guerra, praticamente toda sua produção foi enviada para aquela região por conta da enorme demanda e dos pedidos feitos pelas forças armadas americanas.

Seiko 7005-8030 MACV-SOG_h_seikophd_pic (1)
As belas linhas do Seiko 7005-8030 MACV-SOG. Foto: Ramon SeikoPhD.

O 7005 MACV é considerado o mais raro dentre os relógios Seiko MACV-SOG por conta do curto período de fabricação e da baixa quantidade produzida. Para piorar a situação os modelos que aparecem no mercado normalmente estão em mau estado de conservação, já que eram relógios baratos, foram usados à exaustão e, como não poderia ser diferente, muitos se perderam na guerra ou com o passar das décadas foram submetidos aos polêmicos processos de polimento que normalmente acabam por descaracterizar completamente a peça. A pulseira original costuma ser outro complicador.

Seiko 7005-8030 MACV-SOG_3_seikophd
Fecho e pulseira originais. Foto: Ramon SeikoPhD.

Falando nela, a pulseira é constituída por elos de chapa de aço inoxidável dobrado e fixados em dois pontos. No terminal ela mede 18 mm e chega ao fecho medindo 16 mm. O fecho mede 17 mm, é tri articulado, traz o logo SEIKO gravado em alto relevo e a trava é feita através de duas garras simples que se fixam por pressão. No pulso ela se mostra confortável, de movimento suave e equilibrado, com boa maleabilidade e não registra puxões de pelos ou beliscões. Os terminais são ocos, mas se fixam muito bem à caixa e compõem um padrão estético muito agradável, embora eu prefira as pulseiras em tecido ou couro para este modelo.

A caixa é de um belíssimo formato ovalado e mede 37 mm de largura, ótimos 41 mm de comprimento e surpreendentes 11 mm de espessura – a título de comparação o Seiko Prospex “Turtle” possui espessura de 13 mm, apenas dois milímetros a mais que o 7005-8030. O relógio tem boa “presença” já que esses números asseguram um tamanho e aparência realmente muito bons quando em uso, mesmo para o meu pulso mediano com seus 20 cm de circunferência.

Seiko 7005-8030 MACV-SOG_7_seikophd
O fundo do Seiko 7005-8030 MACV-SOG de março de 1969. Foto: Ramon SeikoPhD.

Ainda falando da caixa, ela possui arestas bem definidas que compõem um belo arco lateral. No fundo, antes de se chegar à tampa traseira, a caixa passa por um declive acentuado e depois se ergue gradativamente até a tampa que é rosqueada e possui seis perfurações que possibilitam sua abertura. No centro vê-se a logomarca SEIKO, abaixo o “raio” da Daini Seikosha (uma das fábricas da Seiko naquele período) e ao seu redor diversas informações importantes sobre o relógio, como já falamos em nosso Guia de leitura dos fundos dos relógios Seiko.

Seiko 7005-8030 MACV-SOG_i_seikophd_pic (1)
Entalhe da caixa e coroa. Foto: Ramon SeikoPhD.

Às três horas está localizada a discreta coroa que permanece embutida na caixa até o momento de algum ajuste. O processo de puxar a coroa é facilitado por conta de dois entalhes feitos acima e abaixo do centro da coroa. No primeiro nível é possível ajustar o calendário mensal ao girar a coroa em sentido anti-horário. Subindo para o nível dois é possível ajustar as horas movimentando a coroa no sentido horário. Este relógio é alimentado pelo calibre Seiko 7005 que já analisamos no SeikoPhD e não apresenta as funções de hack ou corda manual, funcionando apenas de forma automática (mais sobre relógios automáticos aqui).

Seiko 7005-8030 MACV-SOG_12_seikophd
A bela caixa do Seiko 7005-8030 MACV-SOG ainda com cristal original de 1969. Foto: Ramon SeikoPhD.

O cristal ainda é o original em acrílico levemente abobadado e guarnece um mostrador negro que nos apresenta as horas através de lindos numerais arábicos reflexivos, exatamente como determinavam as exigências militares daquele período e que hoje assume uma bela cor bege. Surpreendentemente o lume dos marcadores de horas e ponteiros ainda funciona e reflete um tom de verde por pouco mais de nove segundos, nada mau para uma tinta aplicada há 52 anos! A janela do calendário está localizada às três horas, possui um acabamento impresso em cinza e bordas chanfradas que descem até o disco do calendário também em tom de cinza, com numerais impressos em preto. O cuidado com o acabamento do calendário é impressionante e se mostra superior a relógios modernos como o Seiko Prospex Samurai, por exemplo.

Seiko 7005-8030 MACV-SOG_c_seikophd_pic (1)
Seiko 7005-8030 MACV-SOG. Foto: Ramon SeikoPhD.

No mais, temos as inscrições “SEIKO Automatic” abaixo do marcador de doze horas e “17 JEWELS” com o raio da Daini abaixo do centro dos ponteiros. Entre os marcadores de sete e seis horas lê-se “JAPAN 7005”, entre seis e cinco horas “-8050R”. Na extremidade do mostrador ainda há traços simples marcando os sessenta minutos do relógio, sendo que a cada cinco minutos eles se tornam mais grossos, ademais, todas as gravações são em um tom de cinza meio prateado. Os ponteiros de hora e minuto são em forma de barras retangulares e o segundeiro um simples e fino bastão. Nos mercados americano e europeu, quando disponível, o 7005 MACV tem sido comercializado por até US $ 2200, dependendo do estado de conservação e originalidade.

Fiquei realmente contente por poder adquirir e preservar essa pequena parte da história da humanidade e deixei a cargo do meu amigo Gelson Filgueiras, da Rafael Relojoaria, a aparentemente primeira manutenção pela qual esse MACV passou. O resultado não poderia ser diferente, ótima precisão alcançada e a esperada confiabilidade de um maquinário Seiko pronto para prestar outros cinquenta anos de bons serviços – e menos guerras, eu espero.

O que achou dessa curiosa peça? Já conhecia o modelo ou sua história? Compartilhe esta publicação com seus amigos e ajude a difundir a horologia. Assine também nossas notificações por e-mail, inscreva-se em nosso canal no YouTube, junte-se a nós no Facebook e nos acompanhe no Instagram. Forte abraço!

Dados técnicos:

Referência: Seiko 7005-8030;
Tipo: Militar;
Calibre: Seiko 7005;
Alternâncias por hora: 21.600 A/h;
Reserva de energia: Aproximadamente 43 horas;
Mostrador: Preto;
Coroa: Localizada às 03 horas;
Caixa: Aproximadamente 37 mm;
Pulseira: 18 mm.

14 comentários em “Seiko 7005-8030 MACV-SOG Vietnam War! Review #10

Adicione o seu

  1. Boa noite, Ramon! Estava sentindo falta dos seus artigos, mas voltou em grandes estilo, essa história do MACV é muito interessante mesmo e o relógio incrível. Parabéns de novo e obrigado pela matéria.

    1. Olá Ruy! Tudo bem?
      Acabei tendo alguns contratempos, mas vou tentar voltar com a regularidade semanal ou ao menos quinzenal.
      Obrigado pelo retorno e um forte abraço meu amigo!

  2. Prezado Ramon :
    Gostei muito do artigo. Cumprimento o amigo pela posse dessa peça histórica. A profundidade de sua análise desse modelo é notável ! Parabéns, muito obrigado, e um forte abraço.
    Arnaldo

    1. Saudações Arnaldo!
      Gentileza de sua parte meu amigo, fico feliz que tenha gostado do artigo.
      Obrigado e tenha um ótimo final de semana!

  3. Ramon, que belo exemplar, heim? Seu relato preciso me fez voltar no tempo. Excelente artigo.
    Quando vi o raio da Seikosha no seu relógio, lembrei de um relogio que minha mãe possui: um Seiko hi-beat. O estranho é que o movimento possui duas numerações: nas seis horas do mostrador 2205-0190 e na tampa da caixa 2205-1620R. Confesso que não entendi. O número de série é o 976137. Um abraço!

    1. Boa noite Frederico! Tudo bem meu amigo?
      Obrigado pela gentileza.
      Quanto ao relógio da sua mãe, bem, esses números são diferentes mesmo, ocorre que os números gravados próximos às seis horas são o calibre e o código do mostrador, já os números gravados no fundo são calibre e código da caixa do relógio. Espero ter ajudado.
      Forte abraço!

  4. Prezado Ramon,
    Em primeiro lugar quero parabenizá-lo pelo seikophd, que site maravilhoso. Conheci recentemente e venho lendo todos o seus posts.
    Em segundo lugar, eu não tinha ideia da dimensão da Seiko e não sabia que até no Vietnã ela esteve. Parabéns pelo seu esforço e dedicação. Desejo vida longa a você e ao seu site, e que venham mais posts maravilhosos como esse. Parabéns pelo 7005, ele é realmente especial. Tenho relógios de várias marcas, porém a Seiko continua sendo especial, tenho uns GS antigo muito bem conservado, um dos meus favoritos.
    Sucesso, saúde e felicidades,
    Aristoteles Fernandes

    1. Olá Aristoteles! Tudo bom?
      Agradeço muito suas generosas palavras meu amigo, esse retorno é deveras importante e incentiva nosso trabalho.
      Gostaria de ver esse GS, se possível acesse o grupo Seiko Brasil no Facebook ou me chame no Instagram.
      Um forte abraço e ótimo final de semana!

  5. Salve meu amigo Ramon!
    Bem, antes de mais nada, parabéns pela aquisição!
    Que relógio especial meu amigo e mesmo que seja indefinida a vida pregressa quanto as batalhas que enfrentou, ele passou por mais de meio século e continua em atividade com precisão, qualidade pertinente aos Seikos da época. Além é claro, de tudo o que passou desde então.
    Tenho um carinho especial pelos vintages e principalmente por estes que, além da sua própria, também trazem um pouco da nossa história.
    Excelente post e belíssimo relógio!
    Forte abraço.

    1. Grande Junior! Tudo bem meu amigo?
      Esses relógios vintage da Seiko são realmente especiais, foi exatamente como você falou, uma revisão mais do que merecida e ele funciona como um relógio recém saído da loja.
      Muito obrigado meu amigo, forte abraço e ótimo final de semana!

      1. Não conhecia nada dessa história fantástica, achei interessante demais, também curti o relógio. Ganhou mais um seguidor, parabéns Ramon.

      2. Bom dia Daniel!
        Obrigado meu amigo, fico feliz que tenha gostado.
        Grande abraço e seja bem-vindo ao SeikoPhD.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: