Seiko 5 Sports Street Fighter LE foi uma boa ideia?

O artigo preparado para hoje estava praticamente finalizado quando a Seiko bombardeou a internet com a notícia de uma nova série de relógios em parceria com a Capcom, dona de um dos mais importantes jogos virtuais da história, o clássico Street Fighter (SF). Após o lançamento da edição limitada Seiko 5 Sports Red Special (mais aqui) e de uma série de relógios voltados para o público infantojuvenil com a temática de um desenho animado intitulado “JoJo’s Bizarre Adventure” (revendidos acima de mil dólares!), o caminho das edições limitadas dos novos Seiko 5 Sports se mostra bastante seguro para a Seiko.

Seiko SRPF19 “Ryu” com texturas e os desgastes de seu clássico kimono branco, além de reproduzir no mostrador e pulseira do relógio a frase gravada na luva de combate. Foto: Seiko/Capcom.

Inicialmente estão previstos seis relógios onde cada peça presta homenagem a um personagem do jogo “Street Fighter V” e, obviamente, não poderiam faltar Ken e Ryu, dois dos mais carismáticos protagonistas que já estrelaram jogos de luta ao redor do mundo. Aliás, SF é internacionalmente reconhecido por possuir histórias verdadeiramente profundas por trás de seus personagens e por ter moldado, ainda nos idos de 1987, o que entendemos por jogos de luta até hoje, tudo isso cinco anos antes da estreia de seu arquirrival Mortal Kombat!

Seiko SRPF20 “Ken” também faz referência ao padrão de cores do personagem e ao seu kimono. Foto: Seiko/Capcom.

A notícia desse lançamento me trouxe muitas lembranças das infindáveis horas que permaneci nos fliperamas disputando fichas com os amigos (e outros nem tão amigáveis assim rsrs), das inúmeras vezes em que atrasei para chegar com o pão do café da manhã e até mesmo das chineladas que levei da minha saudosa mãe por conta dos atrasos, bons tempos! Contudo, engana-se quem pensa que o jogo parou nos anos 80, o último lançamento aconteceu em 2016 e muitas gerações permanecem jogando Street Fighter, havendo inclusive um torneio mundial com premiações que ultrapassam um milhão e trezentos mil reais anualmente!

Seiko SRPF21 “Guile” traz referências militares do Major da Força Aérea americana e a “dog tag” de seu falecido amigo às 09 horas. Foto: Seiko/Capcom.

Por essas e outras acredito que uma união entre Seiko e Capcom tem tudo para ser um sucesso e quanto aos projetos dos relógios em si, bem, eu diria que talvez tenham ficado um pouco mais coloridos do que minha geração gostaria, todavia compreendo que o foco maior está nos mais jovens, os principais destinatários da série 5 Sports. De outra parte, isso não quer dizer que as demais gerações não adquiririam alguns dos modelos, pois certamente teremos peças utilizáveis por todas as idades.

Seiko SRPF17 “Chun-Li”, um bonito relógio feminino inspirado nas cores, na ascendência chinesa e na pulseira da personagem. Foto: Seiko/Capcom.

As caixas serão em aço inoxidável com e sem revestimentos, cada peça será limitada a boas 9.999 unidades e terá preço sugerido de aproximadamente 500 dólares. Também espero uma bela embalagem especial, mas não tão exclusiva quanto a do Seiko 5 Brian May. Como vimos, cada relógio terá detalhes únicos referentes a um personagem específico e vale a pena reparar cada parte desses modelos, você pode conhecer todos os pormenores acessando o site oficial.

Seiko SRPF23 “Blanka”, exótico como esse complexo personagem, traz referências às cores, dentes e choques utilizados em combate. Foto: Seiko/Capcom.

No mais são os conhecidos e largamente vendido New Seiko 5 Sports, uma receita de sucesso da Seiko que não deve parar por aí e, inclusive, apostaria no anúncio de uma série limitada de Mortal Kombat pela frente. Agora, vou pegar meu velho cartucho de Super Street Fighter 2 comprado em 1991 para Super Nintendo (ainda funcionando), um belo single malt e saborear algumas boas lembranças que já acumulam uns trinta anos.

Seiko SRPF24 “Zangief” traz a padronagem de cores do personagem, o bezel lembrando seu cinto e o mostrador seu “tornado”. Foto: Seiko/Capcom.

Antes, gostaria de saber o que você achou desses lançamentos e se algum modelo lhe agradou. Não deixe de assinar nossas notificações por e-mail, de se inscrever em nosso canal no YouTube, curtir nosso Facebook e de nos seguir no Instagram. Forte abraço!

 

34 comentários em “Seiko 5 Sports Street Fighter LE foi uma boa ideia?

Adicione o seu

  1. Eu sinceramente nao gostei, mas quem sou eu para ir contra a Seiko. Com certeza será um sucesso de vendas. Tudo tem seu público.

  2. Achei interessante, mas não sou fã de tantas séries especiais. Acaba que na prática nada vira especial hehe
    Quanto aos relógios, gostei da versão Blanka, mas acho que não usaria muito.
    Abraço!!

    1. Tem toda razão João, já tratamos desse assunto aqui no SeikoPhD, a indústria está abarrotando o mercado de edições limitadas e especiais, vai chegar um momento em que todos terão uma edição limitada ou especial de alguma coisa rsrs… A edição Blanka é bem curiosa. Abraço!

      1. Cara gostei demais da idéia da Seiko lançar os relógios com características dos personagens de Street Fighter!! “Nostálgico” seria a melhor descrição da sensação quando me deparei com tais relógios… Eu sinceramente, por ser fã de games em geral, como também, colecionador de relógios Seiko, anseio e muito por ter todos estes relógios de edição limitada da Seiko-STF. O que eu mais gostei foi o do “Seiko-Ken”, com detalhes combinando vermelho e preto, achei realmente lindo o relógio, imagino o quanto que deve chamar a atenção usar este relógio! Espero ansiosamente que a Seiko tenha também em mente, produzir a linha limitada da franquia Mortal Kombat!!!! Sou um grande fã de MK! Enfim, excelente post e como sempre meu caro, parabéns!!! Grande abraço Ramon!

      2. Que bacana Octávio, vejo que os estudos realizados pela Seiko antes de lançarem esses relógios foram muito bem feitos rsss, certamente serão um sucesso e quanto a uma edição limitada de Mortal Kombat, bem, não é nada oficial ainda, mas acredito que a ideia esteja nos planos, consigo imaginar o bezel preto e azul do Sub-Zero, um preto e amarelo do Scorpion e um mostrador branco com raios do Rainden rsss… Promete.

  3. A Seiko está perdendo a timidez, e o lançamento das séries especiais é uma prova disso. A perda dessa timidez está também se refletindo, infelizmente, nos preços dos relógios, que estão cada vez mais caros.

    1. Olá Jarlan!
      Interessante seu ponto de vista, no artigo da semana que vem aprofundaremos nessa questão dos valores pedidos pelos relógios Seiko e entenderemos o fenômeno a fundo. Abraço!

  4. Olá Ramon, parabéns pelo ótimo trabalho nesse site, estou lendo tudo e aprendendo bastante sobre relógios. O meu favorito foi o do Guile. Grande abraço.

    1. Olá Nestor!
      Fico feliz que tenha gostado do SeikoPhD e esteja aprendendo um pouco mais desse maravilhoso universo da horologia. Também achei o modelo “Guile” bem legal. Abraço!

  5. Salve meu amigo Ramon!
    A matéria ficou ótima, mas nem vou mostrar pro Nick, afinal, U$500 mangos é grana meu, kkkk
    Pra mim não vai dar, só de olhar essa coleção já me deu câimbra no pulso esquerdo e começou a doer as pontas dos dedos da mão direita, se é que me entende, hahaha e eu sei que entende.
    Quanto as extravagantes edições limitadas eu não creio ser um problema para o mercado e menos ainda pra marca, já vimos diversos modismos na relojoaria, quem não se lembra das pulseiras do Champion? Então por que não ter um modismo com qualidade? Ou melhor, a qualidade Seiko.
    Uma hora essa onda de “edições limitadas” passam e aí virão as “Special Edition”, “Gold Edition”, “Diamond Edition” e assim por diante, é o mercado vivo como tem de ser.
    Parabéns pelo seu excelente trabalho, pois é sempre muito bom termos novidades, saudosismo, matérias técnicas e outras tão bem explicadas como aqui no Seiko PhD!
    Forte abraço.

    1. Hahaha, o garotão ia enlouquecer com esses lançamentos, não é?
      E se entendo viu Junior, o dedo chegava dar dormência rssss…
      Muito interessante seu pensamento sobre essas edições especiais, o mercado vem demonstrando que tem mesmo total capacidade de absorver a oferta e exatamente por isso as empresas continuam anunciando mais lançamentos.
      Obrigado pelas generosas palavras meu amigo, é sempre um prazer. Forte abraço!

  6. Achei os lançamentos simplesmente f****!! Joguei muito fliperama, videogame e jogo até hoje street. No meu bairro a galera da rua fazia campeonato de street. gostei de todos, mas o Ryu e o Ken são os que eu queria ter. Abraço e parabéns pelo post.

    1. Muito obrigado Renan!
      Também participei de alguns torneios meio bagunçados de Street Fighter, era sensacional, até mesmo as brigas ao final eram legais rsss… No dia seguinte estavam todos brincando novamente. O mundo mudou muito! Abraço!

  7. Parabéns pelo texto, Mestre. A pedra angular da análise foi destacar que a nossa geração pode achar um pouco colorido, mas tem público. Pode ser uma magnífica porta de entrada no mundo da horologia, dos relógios mecânicos e na própria Seiko para muitas pessoas… E claro, também pode ser do agrado de muito de nossa geração. Forte abraço.

    1. Olá Alfredo!
      Obrigado meu amigo, fico feliz que tenha gostado. Achei muito interessante seu ponto de vista, realmente não cheguei a refletir por esse lado, mas faz completo sentido. Os relógios da série 5 Sports podem realmente representar a porta de entrada para muitos novos colecionadores e admiradores da marca, além dos próprios movimentos mecânicos.
      Confesso que ao menos dois modelos dessa coleção eu teria sem qualquer problema rsss. Abraço!

  8. Gostei da iniciativa, acho positivo querer abrir novos mercados e ganhar adeptos de idades variadas… Isso é saudável para uma empresa que planeje o next fifty!!
    Confesso que alguns relógios eu não usaria, mas gostei das versões Ryu, Ken e Guile, aliás a versão Guile foi muito fiel ao personagem, achei isso ótimo.
    Creio que poderiam ter dado uma atenção maior para as versões dos protagonistas, eu pessoalmente queria ver mais alusões nelas.
    Enfim, que venham mais novidades no futuro!

    1. Muito bem observado Renner, acredito que pensaram exatamente nisso ao renovarem a linha 5 Sports no ano passado, uma marca que não se renova acaba morrendo junto com seus antigos clientes. Pois é, poderiam ter usado um pouco mais a criatividade nos protagonistas, queria ver futuramente uma edição Akuma, quem sabe.

  9. Entre os amantes de relógios talvez seja um tanto extravagante, porem no período que morei no Japão vi esta estrategia de mercado funcionar muito bem, consiste em lançar o produto com um apelo para um publico especifico, trazendo eles para comprar um produto que estava fora do radar. Para quem acompanha todos os lançamentos, vão começará a ficar repetitivos, porem a SEIKO busca vender para um publico novo, cativando mais clientes para o mundo da horologia. E o apelo aos heróis de infância é sempre uma boa arma.

    1. Acredito que a ideia foi exatamente essa, mexer com o emocional do pessoal de meia idade e cativar os jovens que curtem SF atualmente, uma receita simples de sucesso.

  10. Olá, Ramon, tudo bem? Não sou fã de games, nem conhecia esses personagens, mas o que mais agradaria seria esse “Ryu”, colocaria uma Nato em couro preto. Mas ao valor de US$ 499 não anima. rsrsrsrs. Bom fim de semana, amigo.

    1. Tudo bom Carlos?
      Com uma pulseira preta ele ficaria perfeitamente “usável”, também gostei desse modelo do Ryu.
      Abraço meu amigo e ótimo final de semana para você também!

  11. Ótimo artigo meu amigo ,gosto de lembrar a história e como você lembrou de sua infância.
    Quando recebi está notícia veio em mim minha infância e pré-adolescência .
    Temos que lembrar que foi uma jogada de mestre da Seiko para demonstrar a preocupação com a nova geração, lembro que o SEIKO 5 no começo de sua vida foi feito para a geração mais nova ,e agora vejo um senhor em minha loja procurando ou revisando Seiko 5 pois lembra sua saudosa história em como comprou seu primeiro exemplar.
    Estes relógios como outros que viram alvo ao público do mais jovem faz eu crer que o relógio de pulso nunca vai deixar de ser um acessório para o adulto de amanhã.
    Agradeço pelo artigo e rezo para que os jovens acostumem a gostar de relógios no pulso.
    Fraterno abraço!!!!!

    1. Tem toda razão meu amigo, esse sempre foi o objetivo do Seiko 5, a empresa está apenas mantendo o que se propôs com essa submarca ainda nos anos 60.
      Também acredito que o relógio de pulso nunca deixará de ser um acessório e até mesmo um smart watch ajuda indiretamente a continuarmos com esse costume. O homem tradicionalmente já possui tão poucos acessórios e ainda querem retirar o relógio rsss… Não vão mesmo. Grande abraço Renato!

  12. Olá Ramon, obrigado por mais um post incrível.
    Concordo contigo quando afirma que os relógios são mais coloridos do que a nossa geração gostaria.
    Ainda assim, vejo que tem uns “mais discretos”. Usaria o “Seiko Ken” sem problemas, embora tenha ressalvas às variações do vermelho (não joguem pedra, mas não compraria um Seiko 5 Red Special) e com um bom esforço o “Seiko Guile”. Os demais, acredito que essa galera nova curta mais

    1. Olá Samuel! Sempre um prazer meu amigo.
      O Ken e o Guile fizeram sucesso mesmo, também gostei de ambos meu amigo, pelo visto teremos relógios para todos os gostos.
      Obrigado, um grande abraço e volte mais vezes!

  13. Boa noite Ramon!
    Gostei do artigo! Vc consegue transmitir um pouco da sua história pessoal, sem perder o foco nos relógios, o que nos faz relembrar os bons momentos do passado! Obrigado por isso!

    Eu acho que, como sempre, a Seiko está na vanguarda, fomentando o público jovem a curtir relógios mecânicos num contexto em que a maioria usa smart watches que conectam com seus smartphones, apesar que desconheço se o Street Fighter ainda é famoso entre os adolescentes.

    Porém, vejo que muitos da nossa geração (sou de 1988) curtia demais o Street Fighter e naqueles difíceis anos da década de 90 era difícil ter dinheiro para comprar relógios, sendo que a nostalgia pode nos atrair a adquirir um relógio dessa coleção, ainda mais sendo limitados.

    Certo dia estava conversando com um amigo fanático pela Seiko e ele fez uma observação óbvia, mas pouco notável: a Seiko desde os anos 60/70 faz relógios coloridos, com designs ímpares e um tanto ousados, tais como os cronos 6139 e 6138, o que os torna muito colecionáveis, diversamente de outras marcas em que se limitam aos mostradores brancos, cinzas, pretos.

    Enfim, acho que foi uma jogada de marketing ousada, mas que fará muito sucesso, seja de imediato ou no futuro, já que há uma tendência dos relógios menos desejados no passado serem mais valorizados no futuro.

    Parabéns e um grande abraço!

    1. Bom dia Hector!

      Tem toda razão meu amigo, igualmente acredito que esses relógios ganharão valor com o tempo e se tornarão ainda mais procurados no futuro, a Seiko sabe como despertar esse desejo em seus consumidores.

      Pelo que vejo a garotada joga bastante Street Fighter e inclusive existem vários campeonatos com bons prêmios, como o que citei no artigo, sem falar nos marmanjos que, como eu, quando conseguem algum tempo entre trabalho, estudos, esposa e filhos ainda jogam com os amigos rsss…

      A percepção do relógio rejeitado valer mais no futuro acontece bastante (embora os mais desejados continuarem valendo mais ocorra com mais frequência) e ao ver essa série pensei logo na versão Blanka passando por isso, mas quando publiquei o artigo vi que muitos gostaram do relógio. A diversidade de opiniões é uma característica sensacional no ser humano.

      Aguardemos os lançamentos por aqui, imagino qual esgotará primeiro e quero ver se acertarei como quando do lançamento dos novos Seiko 5 Sports.

      Muito obrigado pela gentileza meu amigo, um grande abraço!

  14. Acho válido. E pensando na construção e qualidade por trás com certeza será relógios com ótima qualidade. Sou da geração street Fighter, mas acho que não colocaria um desses em minha coleção, mesmo sendo altamente nostálgicos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑