Seiko Presage 2020 “Crown Cronograph” Edição Limitada

No ano de 1964 o Japão sediou pela primeira vez um evento esportivo internacional e não foi qualquer um, foi simplesmente a maior festa do esporte mundial, os Jogos Olímpicos de verão. Aproveitando a importante data a Seiko lançou o primeiro relógio de pulso do seu país equipado com um cronógrafo, o Seiko Crown Chronograph, como já comentei no artigo que conta a história completa da Seiko – aqui.

O Clássico Seiko Crown Chronograph de 1964. Foto: pinterest.com/jamescdunn/

Tecnicamente se trata de um modelo bastante simples, mas ganhou fama pelo pioneirismo local, pela qualidade da construção, pelo design e pela durabilidade. Há poucos dias a Seiko emitiu nota informando que a linha Presage ganhará três novos modelos, em edição limitada, homenageando o design do Crown Chronograph, porém não serão cronógrafos (?!).

Seiko Presage SPB127J1 Limited Edition. Foto: divulgação Seiko.

Em reconhecimento ao ano do lançamento do Crown Chronograph o número de relógios será limitado a 1964 unidades enumeradas de cada modelo, além disso serão equipados com o calibre automático 6R35 e suas poderosas 70 horas de reserva de marcha após enrolamento completo da mola principal.

Seiko Presage SPB131J1 Limited Edition. Foto: divulgação Seiko.

A Seiko sabe produzir bons e belos relógios, então esses três lançamentos não deixam a desejar nesses quesitos, todavia o Crown Chronograph era um cronógrafo! Compreendo a tal “simples homenagem ao design” desse clássico, porém a função cronógrafo é a principal característica do modelo homenageado e atua diretamente sobre o design do mesmo, foi o que o distinguiu dos seus contemporâneos, contudo os novos relógios não terão tal distinção, o que deixa transparecer a ideia de uma edição limitada “caça níquel”.

Seiko Presage SPB129J1 Limited. Foto: divulgação Seiko.

Não estou dizendo que os relógios não venderão, certamente serão vendidos por terem o nome Seiko e todo um respaldo da grande qualidade de construção e maquinário, porém não são homenagens reais ao Crown Chronograph, são inspirações, apesar do valor declarado de aproximadamente US $ 900. Os modelos serão lançados em fevereiro de 2020 sob as referências SPB127J1 com mostrador bege, SBP129J1 com mostrador verde esmeralda e SBP131J1 com mostrador preto.

Fundo do Seiko Presage tributo ao Crown Chronograph. Foto: divulgação Seiko.

O vidro é em cristal de safira com revestimento antirreflexo e os modelos realmente são bonitos, talvez pequem apenas no respaldo histórico e no fato de serem uma edição limitada. O que achou dos modelos? Não deixe de assinar nossas notificações por e-mail, de se inscrever em nosso canal no YouTube, curtir nosso Facebook e de nos seguir no Instagram. Forte abraço!

 

 

16 comentários em “Seiko Presage 2020 “Crown Cronograph” Edição Limitada

Adicione o seu

  1. Gostei do preto, mas não compraria justamente por não ter relação nenhuma com o “coração” modelo clássico (a função crono).
    Modelos feitos para vender e não para homenagear.

    1. Pois é João, pensei a mesma coisa. Os três são bonitos ao meu ver, mas falta “essência” para justificar uma edição limitada. Essa onda da edição limitada que assola TODA a indústria relojoeira (dentre outras) às vezes incomoda.

  2. Bom dia, Ramon. Os modelos tem aparência muito simples, apesar do ótimo calibre. Serão itens para colecionador, já que são enumerados. Prefiro os Presage da linha Cocktail e se um dia eu acertar os 6 Números mágicos, um Arita SPB093J1. Forte abraço.

    1. Bom dia Carlos!
      Excelentes sugestões meu amigo, a linha “Cocktail Time” ficou maravilhosa e o SPB093J1 é simplesmente sensacional, baita relógio.
      Abraço!

      1. Vi sim, Ramon. Na verdade depois que conheci o site, li todos os artigos.

      1. São relógios em que não há como errar, ano passado falei de dois lançamentos da linha Presage divulgados na Baselworld 2019 – aqui -, não sei se chegou a vê-los.

  3. Muito lindos os modelos! Eu admiro muito a Seiko, mas esse método de lançar relógios com edições super limitadas me deixa um pouco frustrado com a marca, como ocorreu com o Blue Alpinist e tantos outros. E ao contrario dos Presage Cocktail Time que possuem alguns relogios de edição limitada e dos Alpinists, que tem o verde como produçao regular, essa nova coleção Presage não terá nenhum dos tres modelos com fabricação regular, para possibilitar que um maior números de pessoas adquiram um relógio destes.

    Ramon, aproveito para lhe perguntar, qual sua perspectiva sobre o futuro da Seiko. Vc acha q ela está se encaminhando para bater de frente com relógios suíços de valor mais agregado e deixar para trás os relógios mais populares;/

    Um grande abraço!

    1. A bem da verdade não vejo problema algum com edições limitadas Hector, pelo contrário meu amigo, elas fazem parte desse universo do colecionismo mesmo, raridade de peças, todos procurando um item específico, seu amigo mostrando aquele relógio que você tanto gostaria de ter, repentinamente pode surgir uma negociação e coisas do tipo.

      Os problemas começaram quando as marcas descobriram o quanto vende uma “edição limitada” e a partir disso todo mês sai uma diferente, chega a irritar e vem acontecendo com todas as marcas e em diversos segmentos da indústria, não apenas no ramo dos relógios, virou um caça níquel global mesmo.

      Quanto ao futuro da Seiko venho percebendo que ela caminha, já há algum tempo, para agregar mais valore às suas peças, até porque sempre foram vendidas abaixo do preço de mercado. O SKX007/9 é um belo exemplo disso, por vezes custando abaixo de 200 dólares sempre liderou ou na pior das hipóteses figurava no top3 das listas de melhores relógios de mergulho abaixo de 500 ou mil dólares, não tinha erro, ele sempre estava lá.

      A empresa sempre soube disso e passou por um processo de melhoria do calibre, investiu na caixa, marketing e subiu esse valor com os novos relógios. A tendência é que um diver da Seiko seja vendido na faixa dos 500 dólares, estando a maioria de seus relógios medianos entre esse valor e mil dólares.

      Estou escrevendo um artigo sobre as estratégias da Seiko para os próximos cinco anos e aprofundarei nesse assunto, mas a ideia é posicionar seus relógios medianos um pouco acima de onde estiveram, mas entregando mais para justificar esses valores.

      Espero ter respondido meu amigo. Grande abraço!

      1. Oi Ramon! Boa tarde!
        Com os últimos lançamentos da Seiko para 2020, sua projeção para a marca vai se confirmando com lançamentos de peças valores mais agregados!
        No artigo vc citou a questão dos cronógrafos, aproveito para lhe pergunta pq em alguns relógios, no mostrador, tem a inscrição “chronometer officially certified”, especialmente nos King Seikos, enquanto outros do mesmo calibre e caixa, não possuem tal inscrição.
        Um grande abraço!

      2. Olá Hector! Tudo bem?

        Essa questão do “chronometer officially certified” será abordada em um artigo futuro por conta de sua complexidade e disputa com o COSC suíço, mas adiantando alguns detalhes, os relógios para terem esse certificado passavam por rigorosíssimos controles de aferição de precisão em diversas posições e locais, então recebia o certificado para aquele modelo específico que era, inclusive, mais rigoroso que o COSC.

        Muitos KS e GS receberam esse certificado.

        De quais modelos está falando exatamente?

  4. Tudo bem! Obrigado Ramon!

    Estou procurando um KIng Seiko 5625-7000, 5626-7040/7060 ou 4502-8010 e me deparei que alguns tem essa inscrição “chronometer officially certified” no mostrador e outros não. Assim, como alguns tem o medalhão dourado no fundo da caixa e outros não.

    Eu adorei o Lord Marvel 36.000, em especial o design da caixa e o som do calibre, mas há o risco de stress maior no calibre por ser hi-beat, por isso pensei em um KS 56, com 28.800 bph ou mesmo um LM Special, cujos alguns modelos possuem um design de caixa parecido com os KS acima.

    No Brasil achei dificuldade em encontrar esses modelos, somente no exterior, especialmente do próprio Japão. Mas com o dólar elevado e o risco de ser taxado, fica difícil achar um, com o teto de preço que estabeleci, em condições que valem todo o investimento e risco.

    1. Selecionou excelentes relógios meu amigo e como tais realmente não serão baratos.

      Existe um desgaste maior em um calibre hi-beat, mas esses relógios são feitos para durar, fique tranquilo quanto a isso, ainda mais tendo uma quantidade maior de peças como você já tem. É possível usá-lo por tempo indeterminado, desde que observe as manutenções preventivas.

      Grande abraço!

  5. Obrigado pelo conselho Ramon! Fiquei admirado pelos design dos KS e LM! Espero encontrar um em perfeitas condições de funcionamento e sem riscos profundos na caixa ou vidro!
    Um grande abraço!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑