Reflexão: A compra de um relógio vintage é diferente!

Não sei você, mas eu sou apaixonado por relógios vintage. Na verdade não apenas relógios, produtos vintage ou de inspiração vintage me atraem desde muito jovem por serem itens costumeiramente bem feitos, carregarem histórias (e estórias) interessantes, terem aquela essência que falta aos produtos descartáveis e serem projetados para durar uma vida como um jeans Ralph Lauren Double RL, motocicletas Harley-Davidson, Levi’s Vintage Clothing, botas goodyear welted, enfim…

O que quero dizer aqui é que a emoção de comprar um relógio vintage é completamente distinta da compra de um relógio novo. Esse assunto vez ou outra vem à tona nas conversas com os amigos e há muito tempo decidi falar sobre ele por aqui.

Seiko Bell-Matic 4005-7000 de 1970. Foto: thewatchspot.co.uk

O relógio vintage tem sua distinção inicialmente por conta da história. São relógios que viveram algumas décadas, passaram por momentos importantes da humanidade e continuam exercendo sua razão de ser com grande entusiasmo. Depois vêm a ousadia do design, do calibre, o acabamento em metal e traços muito característicos que remetem à sua respectiva época de fabricação.

Eles não podem ser encontrados em qualquer relojoaria ou boutique, não é apenas uma questão de dinheiro, a peça desejada precisa ser caçada e quando a encontra é necessário ter certeza do seu real estado de conservação. Nesse ponto entram pesquisas, estudos e consultas até que se decida ou não pela compra.

Seiko 6139-6020 “Pulsations”. Foto: hubcityvintage.com

Sendo a decisão positiva, inicia-se a fase da negociação e conversa com o vendedor no sentido de discutir a situação do relógio, seu histórico, originalidade das peças ou mesmo a possibilidade de restaurar algo que não funcione.

As cicatrizes costumam estar presentes, são marcas quase inevitáveis da passagem do tempo e fazem parte da vida, quem de nós não as têm? A busca por um exemplar em boas condições é parte do delicioso ato de caça aos vintage e um relógio em “mint condition” precisa despertar desconfiança, como falei aqui.

Seiko “James Bond” Digital Quartz A158-5000. Foto: leilao.catawiki.pt

Portanto, credito a tão excelente sensação de se comprar um relógio vintage a esses motivos, é uma soma da busca incansável, do conhecimento adquirido com o passar do tempo, da peça correta em bom estado e da negociação até que se chegue a um denominador comum e possa adquirir um relógio, no mínimo, incomum. É uma experiência completamente diferente de se entrar em uma loja de shopping e comprar o último lançamento.

Esse tipo de compra também costuma ocorrer com colecionadores e entusiastas que já possuem algum caminho trilhado no mundo dos relógios, os que estão iniciando sua trajetória precisam se apegar a dicas e estudar a fundo o modelo desejado para “não comprar gato por lebre”. Escrevi aqui sete dicas fundamentais para comprar e colecionar relógios vintage.

Seiko 6138-8030 ‘”John Player” de 1971. Foto: leilao.catawiki.pt

Meu desejo é encorajá-lo (a) a adquirir seu primeiro (ou demais) modelo vintage, temos uma categoria inteiramente dedicada a esse seguimento em nosso site e estou, como sempre, disponível para auxiliar no que for possível. Você também aprecia ou tem algum relógio vintage? Compartilhe abaixo.

Não deixe de assinar nossas notificações por e-mail, de se inscrever em nosso canal no YouTube, curtir nosso Facebook e de nos seguir no Instagram. Forte abraço!

 

 

46 comentários em “Reflexão: A compra de um relógio vintage é diferente!

Adicione o seu

  1. Belo texto. Esse King Seiko da 1a foto está de matar.
    Eu gosto do Samurai Ti 1a geração. Ainda não é vintage, mas é bem difícil de encontrar, e quando se encontra o preço ou condições muitas vezes não ajudam.

    1. Meu caro João, esse KS da primeira foto é realmente espetacular.
      Existem ótimos Samurais na 1ª geração, alguns raríssimos e realmente não são baratos. Boa escolha meu amigo. Abraço!

  2. Parabéns meu amigo, muita dedicação para aprender e repassar conhecimento sobre essa marca icônica de relógios.

  3. Obrigado pela matéria Ramon! Realmente é uma experiência muito enriquecedora buscar um Relógio Vintage, seja buscando numa feira de antiguidades, seja buscando num site de venda de produtos usados.
    Aproveito para lhe perguntar se existe algum site em que há disponíveis os catálogos anuais dos relógios Seiko, estou procurando um Bell-Matic e um LM, mas como ainda sou leigo no assunto, não sei se estão 100% como os vendedores anunciam, pois em um lugar vejo o mesmo relógio, em sites diferentes, com a parte de trás da caixa diferente.
    Uns tem o logo da Seiko, com aquele raio, bem ao centro, com inscrições ao torno da circunferência, outros simplesmente possuem uma tampa mais simples, lisa, contendo apenas inscrições Seiko, water resistant, número de série, stainless steel, calibre/modelo.
    Boa semana!

    1. Foi um prazer Hector!

      É meu amigo, essa é apenas uma das barreiras que terá de vencer na longa jornada em busca de um vintage perfeito, mas no final valerá a pena cada esforço. Infelizmente os catálogos antigos não são organizados, é preciso fazer uma pesquisa longa e detalhada nesse sentido. Eu planejo redigir um Guia Completo dos relógios Bell-Matic, contudo nem entrou em minha lista de planejamento, então deve ficar para o segundo semestre de 2020.

      De posse do modelo desejado por você procure “seiko bellmatic catalogue 1970” no google e a partir daí tente localizar o seu relógio. Quais são as referências que procura?

      Abraço!

  4. Obrigado Ramon! Estou de olho em um 4006-6031! Comparei com vários modelos do ebay, só achei o de mostrador azul e branco, mas a tampa da caixa me deixou dúvidas acerca da originalidade do relógio. E este que estou interessado tem aquela tampa mais simples, com as inscrições em linhas retas, ao invés inscritas em torno de uma circunferência, com a inscrição SEIKO ao centro e com o “raio” logo abaixo.

    1. Sei exatamente qual é, até porque tenho um e é realmente um relógio maravilhoso. Outro dia vi um à venda no ML por mil reais com a pulseira original (caixão). Se não me engano estava bem conservado e por um bom preço, vale conferir.
      A tampa traseira que você procura é Water Proof ou Water Resistant?

  5. Bom dia Ramon,
    Eu vi o seu no insta e/ou em algum outro artigo, o do Dial azul né:/ Muito bem conservado, parabéns. Na verdade foi a inspiração para ir atrás de um Bellmatic. Achei sensacional a complicação do alarme num relógio dos anos 70.
    É Water Resistant. Acabei comprando no ML por R$ 500. Segundo o vendendor está tudo funcionando, porém há uma marca bem evidente no mostrador, entre às 12h e 1h. Apesar de provavelmente não conseguir outro dial para trocar, acabei comprando pq no ebay chega perto dos R$ 1.000, em modelos com cristal muito riscado e mostrador bem acabado.
    Não sei se estou equivocado, mas parece que os vintages não se distinguem pelo código de referência como se verifica nos relógios atuais. Por exemplo, o 4006-6031, eu vi modelos com dial azul e branco, mas eles também podem ter pulseiras diferentes:/ ou estou equivocado:/

    1. Bom dia Hector!

      Então já comprou? Parabéns pela aquisição, ainda mais nesse valor, realmente pagou MUITO bem por ele, se estiver com a pulseira original então, fez uma excelente compra.
      A questão da referência é a mesma para esse vintage e os modernos, ocorre que existem duas referências, uma é chamada de “código Seiko” e a outra é propriamente dita referência.

      A referência 4006-6031 faz menção ao calibre (4006) e ao design da caixa (6031), não especifica a questão de acabamento. Veja o exemplo dos Seiko Samurai de 2ª geração, tanto o Pespi quanto o marrom e preto são 4R35-01V0, contudo o primeiro utiliza código Seiko SRPB53 e o segundo SRPB51. O código Seiko é o que realmente individualiza o modelo e é ele que vai demonstrar se o mostrador será azul ou branco em seu Bell-Matic. Escrevi um artigo que ensina de forma aprofundada “como ler código e referência Seiko”, acesse aqui.

      Abraço e bom proveito com o novo relógio!

      1. Obrigado Ramon! Vou procurar aqui e ler a respeito! Um abraço!

      2. Acabei comprando Ramon! Não é o Bell matic de 27 j da foto acima, mas se assemelha bastante pelo formato da caixa, pelos ponteiros e pelo mostrador todo branco. É o 4006-6031. Não sei se a pulseira é original, pois é diferente do teu Bell matic azul de 1972, mas bem parecida com a do seu GMT 6117-6400!

      3. Sensacional Hector!
        Deve ser a pulseira com elos em “H”, se você tiver Instagram por favor me envie algumas fotos no direct do @seikophd. Essa pulseira em “H” é espetacular, muito característica da época, fico feliz que você tenha comprado, ainda mais por esse preço. Se eu tivesse visto também não resistiria.
        Você já sabe como regular o dia da semana? Ele tem um mecanismo bem específico.
        Abraço!

  6. Ah, acabei adquirindo tbm um Seiko LM Special 23 J, Ref. 5216-6030, com Dial Azul e detalhes em dourado nas posições cardiais e em torno da data. Me lembrou muito meu Presage Starlight.
    Eu vi em alguns anúncios que este calibre seria Hi-Beat. Vc sabe me dizer se essa informação confere;/

    1. Que bacana Hector, fez boas compras meu caro.
      Acho que vi esse LM Special no ML e realmente o calibre 5216 é um hi-beat que opera a 28.800 bph.
      Parabéns pelas aquisições, sua coleção está cada dia melhor. Abraço!

      1. Obrigado Ramon pelas dicas! Antes de conhecer o site Seikophd só tinha referência o Seiko Pogue e o Bull Head como vintages. E quanto mais conhecimento temos sobre determinado seguimento, temos prazer na busca de determinado relógio, com pesquisas, troca de experiências etc. O próximo será um Cronógrafo 6138 rs

      2. Fico feliz de saber que, de alguma forma, o Seiko PhD o ajudou a progredir nessa longa caminhada do mundo dos relógios, meu amigo!

        Um crono calibre 6138 representa uma grande soma a qualquer coleção, bela meta.

        Abraço!

  7. Boa noite Ramon! Assim que chegar o Bell-matic posto umas fotos dele no insta e marco o @seikophd. É essa pulseira em “H” mesmo, como não achei nenhum 4006-6031 no ebay ou no google achei q poderia não ser original. Não faço a menor ideia como regular o dia da semana, o vendedor apenas me explicou como regular o alarme e se limitou a dizer que a mudança de dias é como se tivesse dando corda.

    1. Há anos planejo escreve o review dos meus Bell-Matics, mas não sai do papel rsss.

      O vendedor está equivocado, o que é bastante comum, uma vez que esse calibre é diferente de qualquer outro que a Seiko já fabricou.
      O dia do mês você altera pressionando o impulsor (botão) do alarme, lembre-se de fazer isso somente após o ponteiro das horas ultrapassar as 03 horas da manhã e até 09 horas da noite para não forçar as engrenagens da roda do calendário.

      O dia da semana é completamente diferente, você vai mover o ponteiro de horas até trocar a dia do mês (por volta de 01 hora da manhã), depois você volta o ponteiro de horas, isso mesmo, volta o ponteiro de horas até 10 horas da noite e torna a avançar até 01 hora e o dia da semana avançará, depois é só repetir o processo entre 10 da noite e 01 da manhã para avançar os dias da semana. Esse movimento é específico deste calibre e não deve ter tentado em outros.
      Como sabemos que são máquinas antigas e, portanto, exigem certo cuidado, eu costumo avançar um pouco mais, vou de 09:45 até 01:15 para ter certeza de que a troca foi efetuada com sucesso.

      É um pouco mais trabalhoso que um câmbio rápido, mas é o que tinham na época, além de ser uma característica única e render boas conversas com os amigos.
      Quando chegar teste e me fale, ok? Abraço!

      1. Bom dia, Ramon, tudo bem? Esse processo de alterar o calendário semanal é similar ao calibre 469 da Orient, exceto que não há o botão para alterar o dia do mês. Abraço.

      2. Interessante Carlos, como a Orient pertence à Seiko Corp eles têm muitas coisas em comum. Como se altera a data mensal nesse calibre da Orient?

      3. Olá, Ramon. Tenho o Orient Netuno que possui o 469. No primeiro estágio após desrosquear a coroa, altera-se o dia. No segundo estágio faz-se esse processo explicado acima.

      4. Boa noite Ramon!

        Estou com o Bell-matic em mãos, realmente a apreensão em abrir a caixinha dos Correios com a etiqueta do ML é muito boa! Mandei umas fotos no insta @seikophd, inclusive da parte traseira da caixa que achei estranha quando vi nas fotos do anúncio. Se poder me dizer se é original eu agradeço! Espero que o relógio não seja objeto de um dos seus artigos Fake Hunter rsrs

        O relógio está com o horário e calendários funcionando bem, apesar de achar difícil passar o dia do mês, pois, para passar cada dia, preciso pressionar o botão do alarme e puxá-lo totalmente (na posição de acionamento do alarme) para depois empurrá-lo até o fim. Haja unha para fazer isso, pq o botão não retorna a posição normal depois, ele fica meio afundado.

        Mas minha preocupação é com o alarme. Sem sucesso, segui as orientações do manual de um Bell-matic 4006-7020, de 27J, à venda no ebay por US$2.500,00 dólares, que inclusive acompanha, além do manual, a caixa feita no Japão (muito lindo!), cujas páginas o vendedor postou no anúncio.

        O problema é que, apesar do alarme tocar, não toca no horário indicado pela setinha do aro giratório, tocando sempre que puxo o botão do alarme para fora.
        Segui os seguintes passos: puxei a coroa para o primeiro estágio, posicionei a setinha no horário desejado para tocar, empurrei toda a coroa para dentro. Em seguida, a girei em sentido horário para dar corda ao alarme. Porém, ao puxar o botão do alarme, ele dispara imediatamente, sem que os ponteiros do horário coincidam com a setinha.

        Vc poderia me dizer se estou fazendo algo errado ou o relógio está com problemas. Se sim, vc acha que tem conserto.

        Muito obrigado pelo apoio e desculpas pelo longo texto.

      5. Boa tarde Hector!

        Desculpe-me por só poder responder agora, correria com menino, esposa, sabe como é.

        Pois bem meu amigo, seu relógio precisa de manutenção. Esse é o primeiro ponto, o calendário precisa trocar de maneira suave, você pressiona o impulsor, ele troca o calendário com um “clique” e retorna ao local de origem. Se ele não está retornando há duas alternativas. Na melhor das hipóteses ele agarra por sujeira e uma limpeza resolverá, na pior a mola perdeu sua resistência e precisará ser substituída.

        Quanto ao alarme pode ser mais grave um pouco, obviamente ele só deveria despertar após o ponteiro de horas alcançar a marcação, então precisará levá-lo a um relojoeiro de confiança e olhar, pode ser algo simples como um ajuste ou muito complexo e exigir substituição de peças, o que você não encontrará com facilidade.

        Se tiver um relojoeiro de confiança leve a ele seu relógio e peça para que verifique o funcionamento, se não tiver sugiro que devolva o modelo ao vendedor ou negocie algum estorno parcial do valor investido. Lembrando que você tem sete dias a partir do recebimento para devolver sua encomenda.

        Não consegui olhar o Instagram hoje, mais tarde devo conseguir e te responderei. Abraço Hector!

      6. Obrigado Ramon! Imagina, sei bem como é!

        É uma pena! Isso me faz pensar se vale a pena comprar no e-bay! Aguardar meses para chegar, correr o risco de ser taxado, e depois devolver. Pelo menos no ML, embora a variedade seja menor, não tem estes transtornos.

        Vc conhece e pode indicar algum relojoeiro especializado em Seiko vintage em São Paulo/SP;/ Pq quero botar esse relógio para funcionar perfeitamente. Eu tenho dó de ver umas peças dessas de quase 45 anos não funcionando, ela merece estar em pleno funcionamento.

      7. Realmente a compra pelo ebay é arriscada e caso queira tentar busque por vendedores antigos e que constem no anúncio que o relógio foi restaurado e funciona perfeitamente, assim reduzirá drasticamente seus riscos.

        Em SP tem o Vinícius Carregalo que faz um excelente serviço de restauração, busque por ele em nosso Instagram, mas o tempo dele é bem apertado.

        Abraço!

  8. Muito obrigado Ramon! Jamais iria descobrir como trocar os dias do mês. Eu tenho outro Vintage aqui, o 7625-7013, e a coroa só tem 1 estágio. Posso adotar esse procedimento com esses relógios em que não é possível avançar os dias da semana rodando puxando e rodando a coroa:/

    Chegou o LM Special 23J, 5216-6030. Não sabia que naquela época já existia hacking-seconds nos anos 70´. Eu não tinha noção de tão pequeno que é este relógio, estou estranhando, ainda mais para mim que costumo usar turtle ou samurai no dia a dia. Hoje em dia acho q estaria na categoria feminino pelo tamanho rs

    1. Aquele tipo de ajuste deve ser feito apenas no calibre 4006, nos demais não deve ser usado, ok? Na verdade nem funcionará. Muitos calibres simples você precisa ir movimentando o ponteiro das horas mesmo por todo o mostrador até que se passem os dias, o que chega a ser irritante, infelizmente.

      Calibres de alto nível como os usados em LM, KS e GS tinham câmbio rápido do calendário e hack, coisa de calibre especial na época, ainda mais batendo a 28.800 vph.

      Eu pensei exatamente a questão do tamanho quando você me falou que havia comprado o 5216-6030, é um relógio realmente pequeno para os dias de hoje, algumas pessoas mais velhas até preferem, porém eu me limito a relógios de 37 mm para cima, sendo 40 mm o tamanho que mais gosto, embora saiba que hoje o 42 mm é mais aceito.

      Decidiu se ficará com o relógio? Abraço!

      1. Entendi, obrigado Ramon!
        O 5216-6030 está bem preciso, se atrasou/adiantou foi questão de segundos por dia! O dial é maravilhoso, com riqueza de detalhes e acabamento primoroso, há apenas um desgaste entre às 2h e 3h, perto do calendário, mas nada que tire a beleza do relógio. Nem pesquisei a respeito do tamanho, erro de principiante rsrs, o tamanho dele é bem pequeno, e olha que meu pulso não é tão largo. Pelo estilho achava q seria um pouco menor que um Presage atual ou em torno de 38mm. Enfim, não vou devolver para o vendedor, mas não sei se fico com ele por muito tempo, pq não devo usá-lo. Assim, não vejo muito sentido só para ter dentro da caixa.
        Acabou de chegar o Bellmatic, bem bonito e bem conservado. Vou tentar postar uma foto dele no insta e marcar o @seikophd.
        Um abraço.

      2. Entendo Hector, também já passei por isso há alguns anos ao comprar um Seikomatic de 34 mm rsss… Acabei ficando com ele, mas vendi poucos meses depois com algum lucro. Ok, aguardo sua foto. Abraço!

  9. Bom dia Ramon! Agora estou à procura de um Vintage hi-beat! Vc acha que isso reduz as chances de ter um relógio com acuração ruim;/ Poderia me dizer qual deles na sua opinião valem a pena o investimento;/ Estava pensando no Lord Marvel 36000, porém a caixa é pequena.

    1. Bom dia Hector!
      Não diria que reduz as chances, na verdade um calibre batendo a 36000vph tende a sofrer maior desgaste. Você precisa entrar em contato com o vendedor e perguntar pelo funcionamento, precisão, se foi restaurado e etc. Hoje temos visto muitos relógios anunciados como “completamente revisado”, o que já nos poupa tempo e evita a decepção de aguardar tanto por um relógio e ver que chegou com problema, é algo realmente horrível pelo qual já passei algumas vezes. O Lord Marvel é sensacional, mas busque por modelos preferencialmente acima de 38 mm, embora 37 mm ainda seja possível usar.
      Abraço meu amigo!

      1. Oi Ramon! Espero que esteja bem!
        Vc citou a questão de quanto maior a frequência maior tende a ser o desgaste. Neste ponto, fiquei na dúvida se quanto maior as joias/jewels, o desgaste tende a ser menor, pois, salvo engano, elas são usadas para reduzir o atrito entre as peças de metal.

      2. Olá Hector!
        A função dos rubis (joias) é exatamente reduzir o atrito nas partes móveis e prolongar a vida útil daquela articulação, logo, em tese um calibre com mais rubis tende a ser mais complexo ou estar mais preparados para eventuais desgastes. Digo em tese, pois há exceções como o calibre Seiko 6619, que já comentamos por aqui, onde alguns rubis são aplicados artificialmente e não exercem qualquer função, dê uma lida por lá.
        Abraço!

  10. Obrigado pela dica Ramon! Estava lendo sobre o avanço dos relógios da Seiko, e realmente um calibre de 36.000bph foi uma evolução! Pelo que li a respeito, até nos dias de hoje os calibre mais tops operam nesta frequência, sendo encontrados nos Grand Seiko!
    Eu adorei as linhas do Lord Matic 36000, bem como a história dele, mas o tamanho da caixa de 35mm é um “problema”. Seria uma oportunidade de ter um calibre que poderia estar num Grand Seiko, não pagando um absurdo pela peça!
    Acho q uma boa alternativa seria o KS 4502, que tem uma caixa próxima dos 37mm.
    Tentei achar outro modelo da Seiko equipado com calibre de 36.000bph, mas achei somente os 5740C dos Lord Marvel 36000 e o 4502 dos KS´s.
    Aproveito a oportunidade para pedir um artigo sobre calibres Hi Beat.
    Um ótimo fds.

    1. Pelo que vejo está estudando bastante meu amigo, sem dúvida um excelente indicador.

      Esses são calibres importantes e destinados a “grandes” relógios, o problema realmente está nas dimensões das caixas, um relógio de 34 ou 35 milímetros é realmente pequeno para os padrões atuais e pode parecer feminino.

      Passando para o King Seiko você terá belíssimas opções, o problema é alguém vender um KS por aqui. Quem tem nem sonha em vendê-los, teria que trazer de fora, o ebay costuma leiloar vários semanalmente, mas se são originais ou não, aí entram as questões que já tratamos.

      Acredito que a busca por um KS seja a melhor solução mesmo Hector.

      Pode deixar que em breve falaremos de alguns Seiko hi beat.

      Forte abraço e ótimo final de semana para você também.

  11. Boa tarde Ramon!

    Poderia nos dizer se há algum local mais indicado para comprar relógios Seiko Vintage no Brasil (loja física ou virtual);/ Além do ML, OLX e Grupos de Facebook.

    Estou à busca de um King Seiko, mas não achei nenhum nesses tradicionais sites de compra online. E no ebay os preços estão bem elevados. Acabei adquirindo um Lord Marvel 36.000 (5740-8000). Embora soubesse que a caixa era de 35mm, contrariando suas recomendações e insistindo num erro recente, após pesquisar sobre este modelo, fiquei fascinado pelos relatos. Realmente o som do hi-beat é muito legal (forte e alto) e a corda manual pela coroa é bem firme. Ficou harmônico no meu pulso depois que coloquei uma pulseira de couro mais fina (diferentemente do LM 5216-6030). Achei o acabamento do relógio incrível, com os números arábicos em leve alto relevo.
    Não sei se é normal nos relógios mecânicos, especialmente nos Vintage, mas é esperado que o relógio seja mais preciso nas primeiras 24h e, ao longo da reserva de marcha, o relógio atrase alguns minutos. Ou o relógio precisa ser preciso ao longo de toda a reserva de marcha indicada pelo fabricante;/

    Gostaria de sugerir que um dia vc fizesse um artigo sobre séries especiais da Seiko, tal como Vanac, Lord Marvels, Lord Matics, King Seiko, Elnix e tantas outras que encantaram diversas gerações.

    Muito obrigado pelas dicas.

    Um ótimo fds e um grande abraço!

    1. Bom dia meu amigo!

      Parabéns pela excelente aquisição e, se possível, envie algumas fotos pelo instagram, gostaria de vê-lo.

      Veja, eu não contraindiquei relógios relógios menores, pelo contrário, mencionei que particularmente não gosto de relógios com caixas abaixo de 37mm especialmente pela espessura do meu pulso (médio para grande). Um LM é simplesmente maravilhoso, representava o que havia de melhor na época, é um grade relógio e parabéns pela aquisição.

      Com certeza a precisão decai conforme a mola principal vai acabando de desenrolar. O momento de maior precisão ocorre exatamente quando a mola está completamente enrolada, falei desse assunto em alguns artigos como no Dicas e cuidados.

      Certamente falarei dessas grandes submarcas da Seiko em breve.

      Grande abraço e ótimo final de semana para você também.

      1. Bom dia Ramon!

        Enviei algumas fotos do Lord Marvel 36,000 no direct do @seikophd.

        Obrigado pelos esclarecimentos e desculpe pelo excesso de dúvidas, cada vez que leio os artigos me surgem alguns questionamentos que por vezes não encontro uma resposta tão facilmente.

        Dei uma lida no artigo “Dicas e cuidados”, interessante essa questão da mola. Ao pretender comprar algum relógio vintage, estou pedindo para que os vendedores façam um monitoramento do relógio por pelo menos 30 horas para saber como está a acuração e a reserva de marcha, já que a maioria ou ninguém deve ter aqueles equipamentos de relojoeiro que medem frequência, variação de frequência, amplitude etc.

        Outra dúvida me surge agora rs:
        O que fazer logo que adquirir um Vintage;/ Basta verificarmos em casa mesmo se o relógio está atrasando/adiantando muitos minutos por dia ou vc aconselha levá-lo a um relojoeiro para submetê-lo a um desses equipamentos(acho que timegrapher, vibrograf, lepsi scope etc) e/ou abri-lo para verificar se há algum vício oculto na peça.

        Muito obrigado novamente pela atenção e um grande abraço!

      2. Bom dia Hector!

        Sempre que compro um relógio vintage gosto de abrir para verificar a máquina, ter certeza de que nada foi substituído, tudo está correto e descartar uma possível oxidação oculta. Recomendo levar a um relojoeiro sim e fazer uma revisão com lubrificação preventiva, especialmente se o vendedor não forneceu qualquer comprovante de uma revisão recente.

        Abraço!

  12. Bom dia Ramon! Obrigado pelo conselho! Vou começar a levar todos os vintages para o relojoeiro fazer uma verificação! Um abraço e ótimo feriado!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑