Calibres: Seiko cal. 6138 Automatic Chronograph

A série Calibres traz detalhes a respeito dos principais movimentos fabricados pela Seiko, sejam eles a quartzo, mecânico, cinético, solar, dentre outros.

Utilizado em alguns dos mais cobiçados relógios vintage da Seiko, o cal. 6138 é o alvo deste artigo. Recentemente publiquei o review do Seiko Bullhead 6138-0040, dê uma conferida.

Seiko cal. 6138A. Foto: watchtime.com

O final dos anos 60 foi bastante importante e conturbado no mundo da relojoaria. A Seiko batalhava em duas frentes contra as principais fabricantes de relógios do mundo. De um lado ela lutava para produzir o primeiro relógio a quartzo, de pulso, do mundo e do outro também tentava produzir o primeiro cronógrafo automático do mundo.

O grande foco estava na inovadora tecnologia do quartz e a Seiko alcançou seu objetivo em 1969 com grande alarde e publicidade (história completa aqui). A outra frente foi um pouco negligenciada, contudo, neste mesmo ano também foi lançado seu primeiro cronógrafo automático, o calibre 6139 – falarei a respeito dele e dessa disputa específica em breve.

Seiko BullHead 6138-0040. Foto:  @SeikoPhD.

Um ano depois a mesma fábrica responsável pelo Seiko Astron (primeiro relógio de pulso a quartzo do mundo) e pelo calibre 6139, localizada na pequena cidade de Suwa, no Japão, lança o calibre cronógrafo automático 6138A com relevantes aprimoramentos em relação ao 6139 e mais pioneirismo tecnológico!

Na época do lançamento da tecnologia 4G no Brasil eu trabalhava em uma das grandes multinacionais de telecomunicações que operam por aqui e, posso afirmar, foi uma loucura! A corrida para ser a primeira a lançar no Brasil essa tecnologia que já era amplamente utilizada pelos países de primeiro mundo tornava nossa rotina extenuante, meses a fio de trabalho pesado visando alcançar algo já banal em boa parte do globo. Agora imagine como foram, especialmente para os funcionários da Suwa Seikosha, os anos que antecederam todos esses lançamento quase simultâneos? Realmente a disciplina e o esforço renderam enormes resultados para a Seiko.

Seiko Kakume 6138-0030. Foto: wristsushi.proboards.com

O calibre 6138A foi o primeiro cronógrafo automático do mundo, de dois registros, totalmente integrado com uma roda de coluna e embreagem vertical, um enorme avanço para a época e de tamanha importância que três décadas após seu lançamento, no ano 2000, a Rolex usou uma variação dessa máquina para equipar o belo Rolex Daytona. Essa tecnologia deixou para trás grandes fabricantes suíças como como Zenith e Heuer que disputavam com a Seiko a dianteira da novidade do cronógrafo automático.

O calibre 6138A integra 21 rubis em seu maquinário e sofreu a primeira atualização no ano de 1972 (alguns registros dizem 73, mas a primeira data é a mais provável), quando a Seiko lançou o calibre 6138B de 23 rubis e alterou partes do cronógrafo, da ponte e da placa superior da máquina. Os aprimoramentos foram apenas internos, no intuito de reduzir atritos e desgaste das peças. O que não se encontra discorrido na literatura e na web é que, aparentemente, a Seiko manteve calibres 6138B com 21 rubis até a data final de sua fabricação, inclusive nas versões JDM. Realmente é dificílimo encontrar um 6138B com 23 rubis por aqui, se você tiver uma imagem de algum entre em contato nos comentários abaixo.

Meu Seiko Bullhead 6138B de 1977, mas ainda 21 jewels. Foto: seikophd.com

Em relação ao calibre 6139 os principais ganhos funcionais do 6138 foram o acréscimo do sub-registrador de 12 horas e a possibilidade de dar corda manualmente no relógio, função essencial quando se quer utilizar o cronógrafo por um período maior de tempo.

Esse calibre equipou mais de dez modelos de relógios com diversas variações de cores e detalhes de acabamento, tornando-se uma das famílias mais colecionáveis de relógios Seiko e tendo a grande vantagem de ainda se encontrar modelos por preços convidativos, partindo de algo próximo dos R$ 1.300,00, até por volta dos R$ 5.500,00. Ressalto, novamente, que esses valores são para relógios originais, bem conservados e com suas devidas pulseiras igualmente autênticas.

Seiko Panda 6138-8020. Foto: pinterest.com/luxuwrist

Dados Seiko cal. 6138:

Tipo: Cronógrafo automático in-house;
Início da fabricação:
1970;
Fim da fabricação: 1979;
Quantidade de rubis: 21 e 23 jewels;
Batidas por hora: 21.600 bph;
Principais expoentes: Seiko Panda e Seiko Bullhead;
Reserva de energia: de 42 a 45 horas;
Funções: horas, minutos e segundos centrais, calendário dia/data bilíngue com câmbio rápido no primeiro estágio da coroa, corda manual, cronógrafo com dois acumuladores;
Observações: trata-se de um calibre inovador para sua época, robusto, muito bem projetado e construído.

Há algum calibre da Seiko que você gostaria que fosse analisado? Deixe nos comentários abaixo.

Não deixe de assinar nossas notificações por e-mail, de se inscrever em nosso canal no YouTube, curtir nosso Facebook e de nos seguir no Instagram. Forte abraço!

 

 

14 comentários em “Calibres: Seiko cal. 6138 Automatic Chronograph

Adicione o seu

  1. Maravilhosos os cronógrafos da Seiko nesse período. Possuo dois 6139 um de 1971 e outro de 1976, ainda sonho com um 6138 -0030 Kakume, quem sabe um dia? Mais uma vez parabéns pelo excelente artigo. (Não esquece de pôr na fila o 6106 rsrs).

    1. Muito obrigado Thiago, sugestão anotada. Quais 6139 você tem?

      O Kakume realmente é incrível, não me incomodaria de ter os dois rsss

      Abraço!

      1. Os meus são o 6139-6012 e 6139-7012.

        Esse Kakume azul da foto do artigo é um sonho de consumo, mas nunca nem vi um a venda.

      2. Excelentes peças hein. Estou restaurando a máquina de um 6139-6012 há três anos e não consigo o ponteiro do acumulador (já veio trocado). Comprei o ponteiro ano passado de Singapura e extraviou, comprei de um colecionador e veio pintado, está difícil conseguir um original viu.

        Costumava ter um Kakume azul no ML, embora restaurado, na faixa dos 3500,00.

        Temos excelentes relógios por aqui, mas estão escondidos com grandes colecionadores, já tive cada surpresa nesses quase 18 anos que estudo a marca, que você não acreditaria hahahah. Forte abraço!

    1. Boa tarde Emersson!

      Só devo ter em meados do ano que vem, vou trazer alguns itens de fora, dentre eles planejo duas coroas completas para o Kakume, Bullhead, cristais para diver’s (6309, 7002, SKX, etc. e Bell-Matic), ponteiros para 6139, bezel, uma platina para cal. 6138 e etc, todos originais. Assim que chegar avisarei aqui no site e provavelmente no ML, mas o estoque será bastante limitado e, como sempre, com ótimo preço. Tudo sujeito a disponibilidade. Abraço!

  2. Boa tarde Ramon!
    Uma dúvida que me surgiu é pq não encontramos mais Cronógrafos automáticos da Seiko em versões mais contemporâneas;/ Pelo menos nas lojas do Brasil, vejo muito cronógrafo solar e quartz, nas linhas Prospex, Sportura e a mais “básica”.
    Lendo os artigos aqui do Seiko Phd, os calibres 6139 e especialmente o 6138 foram revolucionários e reforçaram o papel inovador e pioneiro da Seiko no mundo da relojoaria. Assim, me estranha que, salvo engano, a Seiko não produza mais os cronógrafos automáticos.
    Obrigado mais uma vez e um grande abraço!

    1. Bom dia Hector!

      Na verdade isso é apenas uma impressão, a Seiko continua produzindo cronos automáticos, porém esse tipo de relógio SEMPRE foi caro pela complexidade de ser produzido, montado, aferido o funcionamento e etc., então os modernos são “peso pesados” no quesito valor, vou colocar cinco modelos para você dar uma olhada, mas existem muitos outros. Salvo engano os preços desses modelos abaixo começam na casa dos 1300 dólares e vai até uns 4 mil dólares:
      SRQ031 LE, SRQ025, SRQ029 LE, SRQ015, SARK013.

      Por isso mesmo até hoje um 6138 não é barato, são grandes relógios.

      Abraço meu amigo!

  3. Obrigado Ramon! Realmente os preços destes cronógrafos automáticos contemporâneos são mais bem elevados, o que me leva a pensar ainda mais em adquirir um 6138.
    E na busca de um 6138, fico na dúvida se vale a pena a pagar quase o dobro num Bullhead em comparação a um Ufo ou John Player. Li o artigo sobre o Bullhead e fiquei convencido de que o design da caixa e o próprio calibre terem sido algo inovador e histórico, além do próprio Ayrton Senna ter usado um Bullhead azul por muitos anos. Mas às vezes fico questionando se vale a pena comprar um por aproximadamente R$ 3.000. Muitos dizem que não seria um gasto, mas uma forma deinvestimento.
    Até inseri o 6138-0040 no app do Crono24 para saber se os valores anunciados estariam dentro da média do mercado.Lá o valor estimado é acima de R$ 4.500. Vc acredita que é um meio confiável de projetar um valor futuro ou tal valor decorre na grande procura atual por tal relógio.
    Fico me questionando a respeito, pois se isso ocorrer será bem difícil adquirir um no futuro, apesar dos valores atuais não estarem baixos.
    Aproveitando, poderia nos dizer se um relógio Seiko 6138 em bom estado atual, do começo dos anos 70, ainda teria uma vida útil de muitos anos ou o desgaste e a raridade de encontrar peças de reposição são fatores inevitáveis que não permitiria mais 50 anos de sobrevida.
    Muito obrigado e um excelente domingo! Um grande abraço!

    1. Olá Hector!

      Especular valorização de relógio é algo um pouco arriscado, mas te garanto que existe margem para uma BOA valorização. Veja, estamos começando a sair de um crise intensa, a tendência é melhorar o poder de compra das pessoas, a procura tende a aumentar e não teremos mais peças no mercado.

      Chrono24 e ebay podem te dar uma ideia de valor sim, mas muitos fatores precisam entrar nesse cálculo como estado de conservação, originalidade e ânimo do vendedor, como mencionei no artigo em que descrevo 7 dicas para adquirir e colecionar peças vintage – aqui. Negocie o valor, muitos vendedores trabalham com uma boa margem no ML.

      Quanto à vida útil praticamente não há riscos, o calibre é extremamente resistente e compartilha quase tudo com o 6139, então se precisar de peças não terá tanta dificuldades, pode ficar tranquilo.

      Abraço!

  4. Bom dia Ramon!

    Realmente, tem toda razão! Acho que todo vendedor sabe a escassez destas peças e com a alta do dólar os valores no ebay não estão tão atraentes os valores! Vou continuar na busca de um 6138 enquanto ainda é possível!
    Aproveito para lhe desejar uma boa semana e deixar como sugestão, se me permite, de fazer um guia completo dos 6138, assim como tem dos Turtle e Samurai.

    1. Olá Héctor!

      O Guia Completo do 6138 está no forno rsss… Pouco depois teremos o do 6139, mas antes desses dois deve vir o Guia do Sumo 👍

      Abraço!

  5. Boa noite Ramon! Que legal! Estamos esperando ansiosamente! Pesquisando em outros sites, percebi como vc consegue sintetizar muito bem as informações em artigos e tópicos! Além de ser difícil achar informações neste mundo Seiko! Parabéns pelo trabalho e esmero! Um abraço!

    1. Muito obrigado Hector! Esse retorno é muito importante e mantém o desejo de fazer algo sempre melhor.
      Grande abraço meu amigo!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑